Um homem de 49 anos foi preso nesta quinta-feira (22/11/2018) por porte de armas de uso restrito em Medina, no Vale do Jequitinhonha. Segundo informações da Polícia Civil, ele foi encontrado com uma pistola de fabricação italiana 9 milímetros depois de um mandado de busca e apreensão ter sido expedido. A suspeita é de que a arma tenha sido utilizada em um assassinato pelo qual o homem é investigado. A vítima Sebastião Ferreira de Freitas, de 58 anos, era pai de um rapaz contra quem o suspeito fez ameaças de morte.

De acordo com a PC, o filho de Sebastião Ferreira teria matado, em junho deste ano, um primo do homem preso nesta quinta-feira. A motivação do crime estaria relacionada a uma desavença por causa de uma namorada, mas o pai do autor não tinha relações com o assassinato. O rapaz respondia pelo crime que cometeu em liberdade e fugiu da cidade de Medina quando o homem de 49 anos ameaçou se vingar da morte do familiar.

 

A PC informou que o suspeito teria prometido matar alguém da família do rapaz que assassinou o primo dele. Como o autor não apareceu, ele atirou contra o pai dele. Sebastião Ferreira foi morto no dia 27 de outubro deste ano no Bairro Bela Vista.

O mandado de busca e apreensão, que possibilitou a prisão do homem nesta quinta-feira, foi expedido por um juiz de Medina, com manifestação favorável do Ministério Público. Segundo a Polícia Civil, o suspeito não informou onde conseguiu a arma de uso restrito. Ele é conhecido na cidade por ter se envolvido em crimes no estado de São Paulo, mas até esta publicação a PC não encontrou registros dos delitos. Em Minas Gerais, o homem não tinha passagens pela polícia.

A arma foi apreendida e o suspeito foi encaminhado ao Presídio de Itaobim. A Polícia Civil informou que um inquérito será concluído nos próximos dias e será remetido à Justiça para que o caso seja julgado.

 

Fonte:  G1 Grande Minas  – Aconteceu no vale.

Responder